Direitos Humanos


Graças ao empenho de homens e mulheres como Eleanor Roosevelt, em 1948 a Organização das Nações Unidas proclamou a Declaração Universal dos Direitos Humanos.

É um documento composto por 30 artigos garantindo Direitos próprios de qualquer ser humano, independentemente da sua condição, como os Direitos à liberdade, ao trabalho, à participação política ou à segurança.

José Afonso, através do seu exemplo de cidadania e da sua música, lutou pela defesa dos Direitos Humanos que a Ditadura Salazarista negava aos povos de Portugal e das colónias, ainda que essa luta lhe trouxesse dissabores, como a prisão ou a expulsão do Ensino Público.

Durante toda a sua vida, José Afonso foi um cidadão consciente, livre e interventivo lutando por uma sociedade justa e fraterna.